Atenção registradores mineiros: CNJ solicita certidão de óbito de inteiro teor das vítimas da tragédia em Brumadinho


Imprimir

Publicado em: 11/04/2019

Os cartórios mineiros que fizeram o registro de óbito de alguma das vítimas devem enviar a certidão de inteiro teor ao Sindicato.

O Conselho Nacional de Justiça necessita, com urgência, de todas as certidões de inteiro teor dos óbitos registrados pelos Cartórios de Registro Civil de Minas Gerais decorrentes da tragédia de Brumadinho.


Por isso, o Recivil solicita aos cartórios mineiros os quais fizeram o registro de óbito de alguma das vítimas, que enviem a certidão de inteiro teor ao Sindicato. As certidões serão, posteriormente, encaminhadas pelo Recivil para a Arpen-Brasil, que fará o envio ao CNJ.


Os cartórios devem enviar o documento, em meio físico, para o seguinte endereço:


Aos cuidados do Departamento Jurídico do Recivil
Rua Timbiras, 2318 - 8º andar - bairro Lourdes
Belo Horizonte – MG
Cep: 30140-069

 

O valor da certidão será ressarcido pelo Recompe-MG mediante envio da copia da certidão e cópia do oficio do CNJ. (Veja aqui)


As certidões subsidiarão estudos e auxiliarão na identificação do perfil sociológico das vítimas.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Recivil