Cases de sucesso entre cartórios e órgãos públicos são destaques no Conarci


Imprimir

Publicado em: 14/09/2018

Foz do Iguaçu (PR) – Na primeira palestra técnica do Congresso Nacional do Registro Civil (Conarci), que está sendo realizado no Hotel Recanto Cataratas, em Foz do Iguaçu, o tema em destaque foram os cases de sucesso da parceria entre os Cartórios de Registro Civil e os Departamentos de Trânsito (Detran) dos Estado do Rio Grande do Sul e do Paraná.

 

A mediação ficou à cargo do ex-presidente da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), Calixto Wenzel, que abriu a palestra ressaltando os benefícios que os cidadãos do Rio Grande do Sul tiveram com o Centros de Registro de Veículos Automotores (CRVA). "Vale a pena ressaltar que acabamos de completar 20 anos da parceria entre o Registro Civil e o Detran do Estado, e é um modelo que deve servir de inspiração às demais unidades, pois os benefícios da ampliação destes serviços à população foram extremamente benéficos", afirmou Wenzel.

 

Em seguida, palavra foi dada ao diretor de identificação civil do Detran/RJ, Marcio Bahiense de Carvalho Lyra, que relarou a história da parceria entre os cartórios e o órgão, mencionando primeiramente o decreto estadual 22.930-A, que transferiu para o Detran a prestação de serviços referentes à Identificação Civil, em 1997. Já o relacionamento entre a Arpen/RJ e o Departamento iniciou-se em 2008. "Nosso relacionamento com os cartórios sempre foi muito bom, e todo este processo só foi benéfico para a sociedade", disse Lyra.

 

 

O diretor discorreu sobre os diversos serviços que então começaram a ser realizados conforme o tempo, como o Projeto Novo Cidadão, em 2014, que instalou postos de identificação civil nas maternidades fluminenses, a cooperação técnica entre Tribunal de Justiça, Detran e Arpen/RJ e o fornecimento do número de identidade aos recém-nascidos.

 

Lyra trouxe alguns números para exemplificar os resultados da parceria no Estado desde 2016: - 44.116 bebês; - 1.620 mães; - 940 pais; Mais de 290 mil números de RGs desde 2016; - 67 cartórios credenciados e 30 em operação.

 

Finalizando o evento, o diretor-geral do Detran/PR, Marcello Alvarenga Panizzi, citou a recente conversa com os cartórios de Registro Civil do Estado para que o serviço, que é desenvolvido no Rio Grande do Sul, também passe a funcionar no Paraná. "As conversas foram muito produtivas, e estamos ansiosos para que a parceria comece de fato a funcionar, pois vimos que é uma parceria que dá certo, como aconteceu com o Rio Grande do Sul", declarou.

 

 

Fonte: Arpen-BR