Comissão Gestora comunica sobre liberação da emissão de boleto bancário para o pagamento do RECOMPE-MG


Imprimir

Publicado em: 26/05/2017

Sistema estará disponível a partir de segunda-feira (29/05). Acesse aqui o manual de instruções.

A Comissão Gestora dos Recursos para a Compensação da Gratuidade do Registro Civil no Estado de Minas Gerais comunica aos registradores e notários mineiros que, a partir de segunda-feira (29/5), estará disponível o sistema para emissão de boleto bancário para o pagamento do RECOMPE-MG.

 

Na revista do RECIVIL nº 98 foi publicada matéria informando que a opção de pagamento do valor do RECOMPE-MG através de boleto bancário estaria disponível a partir de abril/2017, além de ter sido publicado manual técnico.

 

Ocorre que, conforme veiculado no site do RECIVIL aos 5 de maio de 2017, ante a possiblidade de viabilizar um procedimento ainda mais fácil para a emissão do boleto, houve um atraso porque o sistema que estava pronto teve de ser readequado.

 

O atraso ocorreu porque, incialmente, como publicado na revista, após a emissão do boleto teria de ser feita uma liberação manual pela Câmara de Compensação do RECOMPE-MG, para somente aí haver a impressão, obrigando o usuário a fazer dois acessos.

 

Na nova sistemática, o registrador e o notário poderão gerar e imprimir o boleto bancário no mesmo instante. O que facilita o procedimento.

 

Salutar ressaltar que o Banco vem se empenhando para assegurar o melhor e mais ágil atendimento. E que, o atraso ocorreu, única e exclusivamente, porque a Comissão optou em utilizar o melhor sistema para o registrador e o notário.

 

A Comissão Gestora informa ainda que nos próximos dias todos os registradores e notários receberão a versão impressa do manual técnico em suas respectivas serventias.

 

A Comissão Gestora renova o compromisso de trabalhar com ética, transparência e responsabilidade e que se encontra ao inteiro dispor dos registradores e notários.

 

Para auxiliar na utilização do novo sistema, segue em anexo manual técnico.

 

Clique aqui para acessar o manual.

 

Fonte: Comissão Gestora