Lei contra casamento infantil em estado dos EUA para horas antes de votação


Imprimir

Publicado em: 08/03/2018

Uma lei que tornaria 18 anos a idade mínima para o casamento no estado do Kentucky, nos Estados Unidos, está parada pela “preocupação” de um comitê de senadores pelos “direitos dos pais em permitir a união entre filhos mais novos” reporta a imprensa local.

 

Hoje, adolescentes menores de 18 podem se casar entre 16 e 17 anos com a permissão dos pais. Abaixo dos 16, eles podem se casar com a permissão de um juiz em caso de gravidez adolescente. Muitos legisladores, porém, acreditam que nesta faixa a gestação pode configurar crime sexual.

 

Conhecida como lei da “noiva criança”, ela foi retirada da agenda de votações horas antes de ser discutida no comitê pela segunda vez em duas semanas. Eileen Recktenwald, diretora do programa local contra abusos sexuais, afirma que a situação atual é “estupro legalizado de crianças”.

 

Registros recentes do estado americano comprovam que houve casamentos entre homens mais velhos e garotas de 13 anos, muitas delas comprovadamente abusadas pelos seus maridos desde a infância. Pesquisas mostram que o estado tem a terceira maior taxa de casamentos com noivas menores de 14 anos, atrás de Texas e Flórida.

 

 

Fonte: UOL