Meu falecido marido tinha outra. Como fica o inventário? - Revista Exame


Imprimir

Publicado em: 12/09/2017

Pergunta da leitora: Eu e meu marido éramos casados no papel quando ele faleceu. Pouco antes de dar início ao processo do inventário, descobrimos que ele também tinha uma união estável formalizada com outra mulher. E agora? Ambas têm direito aos bens deixados por ele?

 

Resposta de Rodrigo Barcellos*:

 

Para verificar se a companheira tem direitos aos bens deixados por falecimento do seu marido, é importante examinar a real existência da união estável, ainda que esta tenha sido “formalizada” de alguma forma.

 

Isso porque a união estável não se constituirá se você e seu falecido marido não estavam separados de fato, já que o ordenamento veda a bigamia ou famílias paralelas.

 

Assim, se ao tempo do falecimento do seu marido, você não se encontrava separada de fato, nenhum direito terá a companheira dele, bastando provar que, embora formalizada, não existia união estável.

 

Já se ao tempo do falecimento, embora casada, você já estava separada de fato, a declaração de união estável é válida e você não terá nenhum direito. Neste caso, a companheira participará sozinha da sucessão do falecido.

 

 

*Rodrigo Barcellos, advogado

 

Leia mais: 

Ex-esposa ou ex-marido têm direito à herança? - Revista Exame

 

O pai deu uma casa a um dos filhos e morreu. Entra no inventário? - Revista Exame

 

 

Fonte: Revista Exame