Quinze mil casamentos homoafetivos foram realizados desde resolução no Brasil - Band News


Imprimir

Publicado em: 16/05/2017

Casar: algo tão comum em nossa sociedade, mas que para casais homossexuais é parte de uma realidade bem recente. Neste domingo (14), a Resolução nº 175 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que proíbe cartórios de se recusarem a registrar o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, completa quatro anos.

 

Clique aqui e assista à matéria. 

 

Desde então, mais de 15 mil casamentos homoafetivos foram realizados no Brasil. Antes disso, casais gays tinham apenas a opção de formalizar uma união estável.

 

“A principal distinção é a questão da prova; no casamento civil, você prova [a união] com a certidão de casamento, que é irrefutável”, explica Ana Paula Canoza Caldeira, presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado do Rio de Janeiro (ARPEN-RJ).

 

Para o casal Lidiane e Lorrany, que se casou em 2014 e, ano passado, teve trigêmeos, a oficialização do casamento trouxe muitas vantagens.

 

“Ter direitos iguais, saber que, além de família, nossos filhos serão registrados em nosso nome, e também poder concretizar o amor que tínhamos uma pela outra”, elenca a administradora Lidiane Faria.

 

De olho nesse público, o casal Tata Barreto e Renata Ferrer criou uma agência de fotografia com foco na comunidade LGBT. “Percebemos uma demanda de casais homossexuais por esse tipo de serviço”, explica Tata. “[Oferecemos um serviço] livre de preconceito contra esses casais, que, infelizmente, ocorre muito nesse mercado.”

 

“Para nós também é uma grande vitória presenciar esses casamentos e perceber que temos os mesmos direitos e somos iguais a qualquer outro casal”, completa Renata.

 

 

Leia mais: 

Norma sobre casamento homoafetivo completa quatro anos

 

 

Fonte: Band News